Recursos de
Acessibilidade:  
Tecle Alt+1 : ir ao conteúdo Tecle Alt+2 : ir ao mapa do site Texto menor Texto maior Contraste                 
 
topo
POMPEIA, 26 de setembro de 2017 | COMO CHEGAR ATÉ NÓS ATRAVÉS DE SUA LOCALIZAÇÃO:
Vereadores
Valdir Cervelin (Leão) - PMDB
17ª LEGISLATURA

Presidente Atual
Valdir Cervelin (Leão)
Adriana Dias Ferreira Borrasca - PR Carlos Rogério Barbosa - PSD José Pereira da Silva Filho - PSDB Luiz Fernando Vidrich Pazin - PSDB Marcio Rogério Caffer - PMDB Nilson Fernandes da Silva - PTB Rodolfo Filgueira Marino - PSB Valentim Marques de Abreu - PSC Vanderlei Ribeiro dos Santos - PV Waldemar Merencio da Silva Neto - DEM
Galeria dos Presidentes
WEBMAIL
Tranparência
Portal do Servidor
Símbolos

Webline Sistemas

Símbolos do Município

 

A bandeira e o brasão de armas são símbolos que retratam a história e as características de cada município. Em Pompéia esses símbolos foram oficializados pela Lei nº 817, de 15 de abril de 1970 e são de autoria do heraldista professor Arcinoé Antonio Peixoto de Faria, da Enciclopédia Heráldica Municipalista. No texto da lei são descritos em termos próprios de heráldica e têm a seguinte interpretação simbólica:

 

Bandeira Municipal

 

A Bandeira é esquartelada em faixas, sendo os quartéis azuis constituídos por três faixas amarelas carregadas de sobre-faixas vermelhas dispostas no sentido horizontal, que partem de um triângulo amarelo firmado na tralha, onde o Brasão Municipal é aplicado. O estilo esquartelado obedece à tradição heráldica portuguesa, da qual herdamos os cânones e as regras. O Brasão aplicado ao centro do triângulo representa a própria cidade, sede do município. As faixas que partem do triângulo simbolizam o Poder Municipal que se expande a todos os quadrantes do território e os quartéis assim constituídos, representam as propriedades rurais existentes no território municipal.

 

 

 

 

 

 

 

Brasão Municipal

 

O Brasão de Armas é um escudo samnítico, primeiro introduzido em Portugal que lembra a raça latina colonizadora e principal formadora da nossa nacionalidade e a coroa mural de prata classifica a cidade representa na segunda grandeza, ou seja, sede de comarca. A cor azul do campo do escudo é símbolo heráldico da justiça, nobreza, perseverança, zelo e lealdade e o escudete ao centro reproduz as armarias da Família Miranda, fundadores da cidade. Nos cantos, à direita, um rosário de outro circundando uma flor de Liz de prata, símbolo heráldico de Nossa Senhora do Rosário, padroeira da cidade e à esquerda, um coração de outro, lembrando no Brasão o cognome de “Cidade Coração”. As faixas ondadas de prata lembram os rios Peixe e Aguapeí, em cujas vertentes foi fundada a cidade.

Como suportes, à direita, um galho de café frutificado ao natural e à esquerda, um galho de algodão, que lembram os principais produtos oriundos da terra e no listel de azul em letras prateadas, o topônimo identificador “Pompéia”, ladeado pelos milésimos “1928”, ano da criação do Distrito e “1938”, ano de sua emancipação política.

 







melhor utilizado Firefox - Chrome - Ie9 ou superior
















Próxima Sessão

Sessão Ordinária

25 de setembro de 2017, às 19h00

Sala das Sessões do Edifício João da Costa Vieira
Agenda de Eventos
transmição ao vivo transmissão ao vivo
logo
2017 © Todos os direitos reservados