Seu Navegador não tem suporte a esse JavaScript!
 
  • Valdir Cervelin (Leão) - MDB
  • Vereadores
    17ª LEGISLATURA
    Presidente Atual
    Valdir Cervelin (Leão)
Sessão Solene
Webline Sistemas

Câmara entrega Título de Cidadão Pompeense

 

A Câmara Municipal reuniu-se solenemente na noite do dia 17 de julho para a entrega do título de Cidadão Pompeense ao maestro João Carlos Martins. O título foi concedido mediante o Decreto Legislativo nº 2/2017, de 11 de outubro de 2017, decorrente de Projeto de iniciativa do vereador Vanderlei Ribeiro dos Santos.

Para adentrar à sala do Plenário, o Maestro foi recepcionado pelos vereadores José Pereira da Silva Filho e Nilson Fernandes da Silva.

 

 

 

 

 

 

 

Na abertura da sessão, o presidente do Legislativo, vereador Valdir Cervelin, convidou a todos para ouvir a reprodução do Hino Nacional Brasileiro interpretado pelo maestro João Carlos Martins, executado em uma de suas apresentações, como forma de homenageá-lo e proporcionar a todos um momento para apreciar a beleza do seu dom. “A noite de hoje nos remete a algo sublime: a música, e envolver pessoas nessa arte é ainda mais extraordinário quando assim se promove inclusão e transforma vidas. Temos aqui hoje um exemplo de superação que inspira pessoas do mundo inteiro, sua sensibilidade como ser humano vai além da arte musical, Maestro João Carlos, o senhor compartilha seu dom e promove oportunidades, assim como já o fez em nossa Cidade Coração”, disse o Presidente ao conduzir a solenidade.

 

Em nome do Legislativo, fez a saudação ao homenageado o vereador Vanderlei Ribeiro dos Santos, proponente do título. “Obrigado grande mestre pianista e maestro João Carlos Martins por ter aceito o convite e nos presentear com sua com sua ilustre presença. Quem imaginaria que ali bem pertinho, em nossa cidade mesmo, no Ginásio de Esportes da Fundação Shunji Nishimura iríamos presenciar pelo menos duas deslumbrantes apresentações da Orquestra Bachiana. Quem imaginaria que em programas de televisão e entrevista pelo Brasil alguém de tão alto nível no mundo da arte como pianista e maestro pudesse agradecer ao povo da nossa querida cidade de Pompeia, divulgando assim os seus valores, pela recepção calorosa que aqui obteve”. Essas foram algumas das considerações proferidas pelo Vereador.

 

Representando o Executivo Municipal, Adalberto de Oliveira Bento, Secretário da Administração, transmitiu a mensagem da Prefeita Municipal Isabel Cristina Escorce Januário. “Um de seus tantos méritos e que merece ser mencionado é o de democratizar a música clássica de alta qualidade, levando a sofisticação das sinfonias até pessoas que jamais teriam acesso a elas, despertando o interesse pela arte que com certeza muda a vida das pessoas. Um dos aspectos mais importantes da cultura de uma nação é a música, por isso nos deixa muito felizes testemunhar que a dor física não superou o seu desejo obstinado de continuar expressando a sua arte e encantando as plateias por meio de cada nota, melodia, harmonia, com sua dinâmica e sensibilidade únicas”, destacou a Prefeita. A seguir, Adalberto entregou o Decreto nº 5.147, de 17 de junho de 2018, que Declara Hóspede Oficial do Município o Maestro João Carlos Martins.

 

 

A palavra também foi concedida ao coordenador geral da Associação Oásis de Pompeia, Marcio Vinholo Avelar, que declarou ser uma honra participar desse momento especial de homenagem ao maestro João Carlos Martins por sua história na música e seu testemunho de vida. Para homenageá-lo, o Coordenador anunciou os alunos do projeto de música da Oásis Leonardo Gomes Tecchio (violão e vocal), Camila Aguiar Gomes (vocal), Caique Ferreira (teclado), Cauê Carvalho (saxofone) e Silas Moreira (saxofone) que tocaram as músicas Era uma Vez, de Kell Smith, e de Janeiro a Janeiro, Roberta Campos e Nando Reis.     

 

 

Ao discursar, o maestro João Carlos Martins em primeiro lugar agradeceu ao vereador Vanderlei e em nome dele a todos os vereadores e ao Presidente por lhe conceder esse título, dizendo que certamente ficará guardado em sua galeria, não só na galeria física, mas na galeria de sua memória e de sua alma. “Ao mesmo tempo quero agradecer as palavras da prefeita Isabel Cristina que mandou realmente um documento que me emocionou tanto quanto as palavras do nosso Vanderlei.  Quero dizer a vocês que a primeira vez que eu vim a Pompeia fiquei impressionado com o número de pessoas interessadas nesse universo fantástico da música clássica. Quero dizer que fiquei profundamente impressionado com a Fundação Nishimura e em vários programas de televisão eu tive a oportunidade de dizer o que significou ver um número tão grande numa cidade na qual eu creio que 10 ou 20% da cidade estava presente no concerto. Pompeia teve um significado no início da minha carreira como maestro, um significado especial, por quê? Porque quando você aos 64 anos está reiniciando uma nova vida, você sempre tem o benefício da dúvida, você tem o benefício da insegurança e Pompeia foi uma das primeiras cidades que me recebeu de braços abertos. Assim sendo, essa lembrança ficou para sempre em minha memória”, expressou o homenageado. Na oportunidade disse que há 70 orquestras parceiras no estado se São Paulo e aproveitou para dizer que hoje mesmo começou as tratativas, através da Oásis e do senhor Chikao Nishimura, porque quer que a Orquestra nº 71 certamente seja em Pompeia. Esclareceu que esse projeto em São Paulo é uma cooperação entre a Bachiana Filarmônica e o SESI que tem feito um trabalho impressionante no Estado no campo da Educação e da Cultura, assim como o SENAI.

 

     

 

Data: 17-07-2018 00:00:00
Próxima Sessão

Sessão Ordinária

04 de fevereiro de 2019, às 19h00

Sala das Sessões do Edifício João da Costa Vieira

Clique em "Sessão Ao Vivo" para assistir via internet